terça-feira, 26 de abril de 2011

Se parto foi cesárea ou normal???

Imagem do Google
Por Marcia Pergameni

Olá lindas!!
Eu gostaria de saber como foi o seu parto ou como vc está planejando.
Eu percebo que este assunto é tratado as vezes como tabu porque cesárea não pode.
Eu vou contar como foi minha expêriencia.

Quando estava grávida da Cecília minha obstetra sempre me aconselhou o parto normal. Eu também queria. O pré-natal foi tranquilo e eu acreditava que teria o parto normal!
No dia que passei mal, tive contrações, sangramento, mas não tinha dilatação.
Então que voltei ao hospital neste dia duas vezes. Na manhã eles me aconselharam a voltar pra casa e tomar buscopan. Mas lá pelas 19h eu não aguentava de dor e voltei lá. 
E faz um exame aqui, aguarda o resultado, espera o médico olhar. Quando já passavam de 22h a bolsa estourou! E saiu aquela água, muita água, amarronzada!

Bem, meu marido foi atras do medico e depois de alguns minutos ele veio me examinar e detectou que estava com mecônioconstitui-se nas primeiras fezes eliminadas pelo recém-nascido.
Resultado: não esperamos minha obstetra chegar para realizar o parto. Tinha que ser feito logo. Caso contrário poderia infeccionar tudo e o bebê também corria risco.

Não tive opção. 
Aí que um ano e nove meses passaram e eu engravidei novamente. O pré-natal foi bagunçado. Não tinha mais plano de saude. O médico que me consultava simplesmente parou de atender e, assim como outras grávidas, fiquei sem assistencia. Continuei o acompanhamento já na meternidade e estava com 7 meses!! 
E eu estava esperando a dor chegar pra ir pro hospital!! 

então que em uma das consultas, o enfermeiro obstetra que me atendia falou que eu não poderia ter parto normal pois minha cesárea era recente. O intervalo entre uma e outra deveria ser de cinco anos, alguém ai sabia?? eu não sabia!!

Ele me encaminhou ao Obstetra manda chuva pra agendar o parto, que seria novamente cesárea. 

O Antonio nasceu saudavel e lindo. A minha recuperação demorou um pouco, como em toda cesárea acontece. 
Mas vou confessar: eu preferi assim!!
Sou meio frouxa pra essas coisas de dor e quando entrei no quarto de espera da cesárea tinha uma mãe prestes a dar à luz de parto normal. 
Gente, o grito dela me apavorou!! Foi umm só, alto e longo. Depois ela desmaiou e só ouvi aquele chorinho.

Se eu pudesse escolher faria exatamente como foi! Só me arrependo de não ter feito o planejamento para ligar! 

Porque já pensou outra cesárea???
E você como foi?? Escutou muitas orientações??
Planejou o parto normal? Marcou o dia da cesárea??
A recuperação foi tranquila??
Conta pra gente!!


Mais
AQUI
13 coisas que não te contaram sobre a Cesárea
Primeiro cesarea e o segundo?

6 comentários:

Ateliê Ana Bananna disse...

Nossa minha linda...

5 anos? Esse cara é louco o intervalo é de 2 anos.

Comigo foi assim, sempre quis parto do normal e ainda sonho muito com isso.

Não marquei nada e deixei por conta da natureza, consultava um site que me ajudou muito:

www.doulas.com.br

Queria ter contratado uma doula, mas por falta de dim dim, não deu.

Elas são as famosas parteiras.

Quando estava de 39 semanas, estava indo dormir e senti uma dor, como se o bebê tivesse encaixado no lugar errado, fui direto para o banheiro e lá estava:

A bolsa tinha estourado.

Começou a sair muita água e tinha um pouco de sangue também, meu marido começou a passar mal e não sabia o que fazer, ligamos para o meu médico e ele mandou irmos para a maternidade.

Meu marido correu feito doido.

Chegando lá, eu já estaba com quatro dedos de dilatação e o bebê na posição certa, eu queria parto natural, que é o parto normal e sem remédios, queria que o meu bebê nascesse na água e lá fui eu:

Entrei na banheira, a hidro ligada e umas luzinhas para cromoterapia, muitas contrações, respiração cachorrinho e tal... até que meu marido me lança a pérola:

Nossa! Isso deve ser muito gostoso!

Juro, que até esqueci a dor pra tentar bater nele... RS.

Após quase 4 horas em trabalho de parto, meu médico pediu para eu sair da banheira e fazer o exame de toque e também descobriu mecônio, corremos para a cesária e não pude realizar meu sonho.

Depois lendo sobre o assunto descobri que mesmo em casos assim, o médico pode acelerar o processo do parto, fazendo uma indução, aplicando citôcina na mamãe e esperar algum tempo, caso tudo isso tenha sido feito, aí sim deve-se correr para a cesariana.

Beijos.

lindos mimos disse...

Oi miga
sou mãe de primeira viagem do Lucas Antonio de um ano e 4 meses o meu pré natal foi normal, tambem esperava o parto normal e ele nunca chegava e eu naquela ansiedade e preocupação pq nao sentia contração nada, um belo dia tive um sangramento procurei minha médica e no outro dia marcamos a data para o Lucas nascer! Preferi assim também nao gosto de sentir dor e a gente nao precisa sentir doooor para saber o que é ser mãe de verdd, ja ouvi muito isso,
bom é isso a minha historinha um grande beijo...

Janete disse...

Meu pré-natal ocorreu tranquilo, minha gravidez tranquila tbm, no dia que completei os 9ms já saí de casa com minha malinha pra ir pro hospital fazer o último pre-natal, e já ir pro hospital pra ter meu bebê... era pra ser parto normal, cheguei cedo, e já estava entrando em trabalho de parto, sem dor nem nada, fiquei tomando a medicação pra aumentar as contrações... e nada... não tinha dor, não sentia contrações, e pouca dilatação, aí uma enfermeira colocou um aparelhino que media o aumento das contrações e os batimentos do bebê... nada, eu não tinha contrações... mas o bebê com o passar das horas, iam caindo os batimentos... então, fui pra uma cesárea!!! Tomei um susto, queria muito o parto normal... mas os medicos disseram que era arriscado pro bebê, eu não sentia as contrações do útero e o bebê então sofria toda a pressão sozinho... além disso, esperar um parto normal seria muito traumático pra ele, quando entrei na sala de cirurgia, o doutor que me operou queria saber o porque da cesárea, afinal o hospital que fui, da preferencia pro parto normal sempre, cesárea só em último caso, foi quando ouvi um outro enfermeiro dizer: Sofrimento fetal agudo. Pesquisei depois sobre o assunto,e fiquei sabendo que nesses casos, o bebê pode até morrer no momento do parto...
Graças a Deus deu tudo certo!!!
Fiquei muito ruim depois da cesárea, senti muita dor, muito sono,meu cabelo caiu muito (dizem que é anestesia), inchei muito depois da cesárea... mas foi melhor assim. O importante é que meu filhote nasceu perfeito, e tudo foi feito pro bem dele em primeiro lugar.

Roberta Fraga disse...

Acho que a maioria que "sonha" em ter parto natural, amarela na hora. Não dá... Imagino que para algumas mulheres seja muito fácil, de fato algumas dizem não sentir dor. Eu não tive parto normal, tive, no segundo parto, um pouco de analgesia e indução, meu parto foi tranquilo. Não posso dizer que senti dor, senti uma pressão forte, mas na hora que a bebê nasceu eu não fiz aquela pose de novela achando aquilo tudo lindo. Queria um tempo para mim. É cansativo parir...Mas já tive dores bem piores na vida (tipo crise renal e de vesícula). Eu me recuperei rápido, mas tive lá meus probleminhas pela força... vcs sabem.
Tbm tive uma experiência bem triste na primeira gravidez, meu bebê morreu quando eu estava entrando em trabalho de parto. Diabetes gestacional. Também foi parto normal. Foi muito difícil emocionalmente... Acho que ainda é... Mas tenho uma filhinha linda e estou feliz na metade que me cabe.
É muito pessoal a escolha do parto. Acho que tem que se respeitar a vontade de cada mãe. Sem dúvidas, o ideal seria que tudo ocorresse naturalmente, mas sou da opinião que quanto menos sofrimento melhor.

Débora Tolardo disse...

Gente, se eu contar minha história vai dar um livro, rsrs... então vou resumir. Tenho quatro filhos, rsrs e fiz quatro cesárias... Nunca quis fazer parto normal.
O último está com nove meses e quase nasceu de parto normal. Antecipou uma semana, não estourou a bolsa, mas começou sair o "tampão". A dor começou às 22:30h num sábado e foi nascer já era 12:11h no domingo, pois o meu médico demorou para chegar, pois poderia ser um "falso trabalho de parto" e ele queria ter certeza. Eu sentia tanta dor, tantas contrações, que eu pensei que nunca mais chegaria ao fim. Que dor terrível, para mim é parto "anormal" e não parto normal, mas tem quem gosta, rsrs...e eu respeito.
E olha que eu tenho alergia ao látex, o centro cirúrgico tem que ser todo livre de látex, pois se não me dá choque anafilático, rsrs Ah! Também tenho alergia a diversos medicamentos e ainda me dá quelóide na cicatriz que tem que ser feita com material diferenciado e usar Drenison Oclusivo nela uns oito meses, rsrs
Meu marido assistiu apenas a esse último parto e amou.
Espero que tenham gostado do resuminho da minha história, rsrs.
Beijinhos e fiquem com Deus.

Rapha da Alice disse...

O intervalo é de 2 anos.
Eu sempre quis um parto natural, pois se fosse cesárea teria que ser com anestesia geral (fiz uma cirurgia na coluna que impede a anestesia). Ia ter um parto domiciliar mas tive que ir para o hospital fazer uma indução... Lá quando quiseram fazer uma cesárea não puderam pois eu tinha jantado. Resultado: Minha filha nasceu num parto de cócoras bem rapidinho (3h 30 até a dilatação total) e maravilhoso!

Rapha, mamãe da Alice
http://maternarconsciente.blogspot.com/