terça-feira, 8 de outubro de 2013

Semana da Criança

Porque ler é pra todas as idades!!

Já começou, mas vale a pena correr e participar!!
 
SEMANA DA CRIANÇA NO CCBB RIO
Universo Redondo
5 a 13 de outubro

Em comemoração ao dia criança e ao aniversário do CCBB Rio, o programa educativo do Centro Cultural Banco do Brasil realiza o evento “Semana das Crianças - O Universo é redondo”, com uma programação destinada a toda família.  Baseado na obra da artista japonesa Yayoi Kusama, que estreia no dia 12 de outubro - onde se destacam as formas circulares como pontos e bolas - o evento contará com rodas de histórias, laboratórios de artes visuais, atividades de música e uma programação especial para as crianças menores, com idades entre 3 a  6 anos. Haverá também espetáculos com palhaços, memorando os tradicionais e arredondados picadeiros circenses.

O evento começa no dia 5 e vai até 13 de outubro. Nas atrações da Semana das Crianças estão os espetáculos infantis. Entre as apresentações está o espetáculo "Tem Areia no Maiô" da Companhia As Marias das Graças, primeiro grupo de mulheres palhaças do Brasil. Criado em 1992, o grupo já percorreu diversas regiões do país e do mundo.

Todas as atividades são gratuitas. É preciso chegar 30 minutos antes para pegar senhas. O CCBB Educativo funciona no primeiro andar do prédio.

ESPETÁCULOS INFANTIS:

 

HumAnimaL - Capacidade: 100 PESSOAS

Sábado, dia 5 às 16h

Local: sala 26

Público: Livre

A cena inicia com duas bolinhas, que podemos confundir com qualquer coisa que a imaginação permitir! Tartarugas, elefante, sapo, touros, pato, tamanduás e assim por diante. Em “HumAnimaL” as performers do  grupo Circo da Silva, Fernanda Marques e Isabel Abrantes, transitam pela fina fronteira que há entre o ser humano e o animal, conduzidas pelas músicas da banda Songoro Cosongo. O Espetáculo teatral destinado a crianças em formação para estimular os sentidos e a percepção.

 

Retalhos de Arrepiar - capacidade - 100 pessoas

Domingo, dia 6 às 16h
Local: Sala 26
Público: A partir dos 5 anos

Causos e lendas que há muito tempo assombram nossas mentes tomaram forma nos cenários de pano para representar alguns de nossos medos: a morte, os poderes sobrenaturais, bichos devoradores, fantasmas e a escuridão. A Cia Costurando Histórias transforma livros em tapetes. Nas apresentações: música, palavra, teatro, literatura e artesanato se unem com o objetivo de encantar, instigar e acalentar.
Causo de Bicho, Causo de Gente - CAPACIDADE - 170
Segunda, dia 7 e quinta, dia 10 às 10h
Quarta, dia 9 às 14h
Local: Teatro 1
Público: A partir dos 5 anos

O grupo Os Tapetes Contadores de Histórias apresenta nessa seção o conto de Drummond “A incapacidade de ser verdadeiro” em que o personagem Paulo é diagnosticado pelo médico como um caso de poesia. O espetáculo segue com o conto africano “Como o coelho enganou a baleia e o elefante” e uma história egípcia de uma princesa do deserto. Cada história será narrada com um belo tapete feito de tecido e costura.  Sob coordenação de Cadu Cinelli e Warley Goulart o grupo em 2013 comemora seus 15 anos.


Hoje tem Marmelada -

Sábado, dia 12 às 11h
Local: Estacionamento
Público: Livre

Dois palhaços, ao iniciarem o último ensaio antes da estreia, percebem que todos os outros artistas foram embora. O circo não pode acabar e para salvá-lo os dois terão que atuar em todos os números e para isso contam com a ajuda das crianças da plateia. Em cena os músicos, contadores de histórias e educadores Luiz Carlos Jujuba e Ana Nogueira da Companhia Cantos do Rio.


Tem Areia no Maiô - capacidade - 140 pessoas
Sábado, dia 12 às 16h
Local: Salão da Biblioteca
Público: A partir dos 5 anos

Tem areia no maiô conta a história de quatro palhaças que resolvem ir à praia num belo domingo de sol. A trupe embarca num calhambeque rumo à Copacabana e a aventura começa com um pneu furado. Na praia enfrentam desastradamente, perigos no mar, chuvas de verão e claro, areia no maiô.
As Marias da Graça são o primeiro grupo de mulheres palhaças do Brasil. Criado em 1992, este espetáculo que é o primeiro do grupo tem uma longa carreira e já percorreu diversas regiões do país e do mundo.

Little Be
Domingo, dia 13 às 11h
Local: Praça dos Correios
Público: Livre

O Little Be, bateria mirim do Bloco do Sargento Pimenta, faz a apresentação final de sua primeira turma, formada por 28 jovens de 7 a 14 anos. Acompanhando a linha de sucesso do bloco que arrasta multidões durante o carnaval carioca e insere a música dos Beatles na brasileiríssima sonoridade da bateria de uma escola de samba. Os pequenos ritmistas passam por ritmos como o xote, a ciranda e o funk tocando sucessos como “Yellow Submarine” e “Twist and Shout”.



A História de Topetudo - CAPACIDADE : 140 pessoas
Domingo, dia 13 às 16h
Local: Salão da Biblioteca
Público: A partir dos 5 anos

Certa vez uma rainha teve um filho muito feio e sem jeito, entretanto uma fada assegurara que ele teria o dom de transmitir inteligência à pessoa que mais amasse. Em um reino não muito distante nasce Clarabela, princesa dotada de beleza fenomenal e sem inteligência alguma. Para compensá-la, sua fada madrinha lhe dá o dom de tornar belo aquele que viesse a amar. As atrizes Ana Barroso e Monica Biel vivem os palhaços Lasanha e Ravioli que para dar vida aos personagens desse conto de fadas utilizam diversos recursos tais como máscaras, bonecos, figurinos, adereços, músicas.


AÇÕS EDUCATIVAS:
 
Em Cantos e Contos - CAPACIDADE : 100 pessoas
Sábado, dia 5 e domingo, dia 6, às 11h e 17h
Local: foyer
Público: A partir dos 5 anos

Histórias dos 4 cantos do mundo

Histórias de Pescador – Lendas Brasileiras
Em “O marido da mãe d’água” um pescador recebe da Mãe d'água proteção e amor, mas assim como o mar pode dar, se mal tratado, também pode tomar. Em “Cobra Norato”, um protetor dos rios, apenas com a ajuda de um valente pescador, pode se livrar de sua terrível maldição.

A Barriga da Baleia – Contos Esquimós
Em “As duas mulheres que conquistaram a liberdade” as protagonistas cansam da subserviência ao marido, fogem e passam a viver dentro da carcaça de uma baleia. “A alma e o coração da baleia” trata do descuido de um corvo intrometido que, encontra uma moça que vive, imaginem dentro da barriga de uma baleia.

Mulheres Guerreiras – conto africano e judaico
No conto africano “O casamento da princesa” Abena é disputada por dois poderos pretendentes: o Fogo e a Chuva. Já em “Lilith, a primeira mulher” a primeira mulher moldada da terra assim como Adão não aceita ser obediente e submissa ao marido e sai em busca de um outro destino para si.

Sábio. Sabia. O que será Sabedoria? – Contos Chineses
Através dos princípios básicos da cultura chinesa este repertório revela a importância de se cultivar a sabedoria nos contos “O tigre”, “O Arqueiro” e “Um Velho Louco”.


Micro-mundos -CAPACIDADE: 100 pessoas
Sábado, dia 12 e domingo, dia 13 às 14h
Local: Sala 26
Público: A partir dos 5 anos

O mundo de fora é também o reflexo do mundo de dentro da gente. É o que nos mostram essas histórias. Em “Rumboldo”, um jovem rei orgulhoso cria leis absurdas e prende todos aqueles que ousam contrariá-lo tornado-se a maior vítima do seu débil mundo. Em “O homem que amava caixas” um pai tinha dificuldade em dizer ao filho que o amava e decide construir um mundo particular para os dois. Já “Cacoete” é uma cidade onde todo mundo seguia leis absurdas em nome da organização, mas um menino mudaria a ordem das coisas para sempre.

Pequenas Mãos - capacidade: 20 pessoas
Sábado, dia 5 e domingo, dia 6 às 13h e 15h
Local: Sala 3º andar
Público: De 3 a 6 anos

Passou por Aqui – Pequenas Histórias da Arte - capacidade: 20 pessoas
Ponto, linha, cor, textura, forma... Como podemos encontrar esses componentes em uma obra de arte? A partir do contato com réplicas de pinturas e esculturas que passaram pelo CCBB ao longo dos anos, o público infantil poderá descobrir como esses elementos são trabalhados, produzindo sua própria experiência artística.

Espaço Mutante - CAPACIDADE: 20 pessoas
Repetição, formas e luz nos convidam a participar do universo de Yayoi Kusama. O “Espaço Mutante” proporciona aos pequenos a percepção e reconhecimento destes elementos em uma experiência sensorial que resulta na apropriação corporal do espaço. Com marcações rítmicas, os pequenos compõe um painel utilizando carimbos com tinta branca em papel branco. O resultado final será visto ao alterarmos o ambiente com luz negra.

Laboratório Aberto - Capacidade: 100 pessoas
Sábados, dias 5 e 12 e domingos, dias 6 e 13 de 10h às 16h
Local: Foyer
Público: A partir dos 5 anos

Estampe o Tampo
A obsessão e a repetição fazem parte do trabalho de Kusama.
Um pequeno parque gráfico convidará o participante a intervir na superfície, que funcionará como uma esteira. De forma mecânica, os visitantes estamparão o tecido com o uso de carimbos criados por eles.

Intervenções na Biblioteca -
Sábado, dia 12 de 10h às 17h
Local: Biblioteca
Público: A partir dos 5 anos

Para comemorar um ano da reinauguração da biblioteca do CCBB, educadores fazem intervenções poéticas pelo espaço com leituras de trechos de obras dos mais renomados autores da literatura universal.

Centro Cultural Banco do Brasil

Rua Primeiro de Março, 66 – Centro, Rio de Janeiro.
Informações CCBB Educativo – 1º andar
(21) 3808 2070 / 3808 2254
Entrada Franca
Distribuição de senhas: 30min antes das atividades.



Um comentário:

Lilian Silva disse...

que legal, tempos bons de criança que não vota mais, quer dizer só curtindo com as crianças para fazer valer os nossos bons momentos, por isso Feliz dia das crianças a todas as crianças que exite dentro de si!!!