segunda-feira, 9 de maio de 2011

As marcas do amor: Na pela, na vida…

blog cole

 

Oi meninas!!!

Hoje é dia de blogagem coletiva, proposta pela Julia.

O tema são as marcas do amor, como ela definiu:

Não falamos como nos sentimos em relação a nós após a maternidade, o que mudou, como anda o relacionamento, a aceitação de um novo corpo(porque muda sim), a situação financeira, profissional, as metas ...
Dificilmente ou quase nunca falamos sobre como lidamos com casa, filhos, marido, se temos um minuto pra nós mesmas ou como lidamos com esse turbilhão de mudanças tão repentinas!”

Nesse momento eu estou com a minha filha no colo, pois acabamos de voltar da disoterapia e ela veio ao trabalho comigo.

E essa blogagem coletiva é bem sugestiva, porque nunca mesmo me lembro de falar qualquer coisa que seja que não envolva meus filhos. Nada tem muita importância, outros assuntos não me tomam a atenção, mesmo que esses assuntos sejam eu ou algo que só tenha a ver comigo!

Depois de ser mãe a mulher ficou bastante adormecida. Ela ainda dorme. Acho que também tenho pouco incentivo externo pra que ela aflore.

O orçamento apertou  bastante. A gente está sempre tentando colocar dinheiro na poupança mas ele nunca fica lá!!! E ainda moramos com os meus pais.

O meu corpo não mudou muito. Eu consegui voltar ao peso de antes da gravidez, nas duas !! Mas a barriga continuou flácida. Nossa como ela é teimosa. E eu tenho ido a academia, 4 vezes por semana almoço coisas bem levinhas!!!

Em casa dividimos as tarefas muitas vezes. Quando tenho encomendas, adianto o que posso e deixo as crianças com o pai pra dar conta das artes. Quando não tem encomendas, tem é muita coisa do lar pra fazer!! E o marido ajuda. Se não ajuda, já fico de ovo virado!!

Depois que as crianças nasceram as nossas metas de ter uma casa estão cada dia mais longe. É dificil se organizar com tantas coisas que surgem pelo caminho.

Parece que a única coisa a fazer é não comemorar mais nada, nada de festinhas. Sóassim poderemos conseguir algo mais a frente!!

E pra cuidar das necessidades básicas?? Unhas?? Cabelo? Quando não dá pra adiar eu vou e pronto. Se não for assim é bem dificil. A não ser no horário do almoço!!!

Antes eu era apenas eu… Agora cuidar de mim fica a cada dia mais difícil…

3 comentários:

Julia disse...

Flor, obrigada por participar!
Coloquei seu post na lista que está no blog, e é bom desabafar sobre o tema neh?

Acho que pouco a pouco vamos nos redescobrindo como mulheres, filhas, mães, esposas, acho queé tudo questão de adaptação, e espero que essa fase de desncontro conosco termine o quanto antes!

Beiiiijo

Mônica disse...

É muito difícil a vida da mulher, tem que ser boa mãe,profissional, enfermeira,cuidar de casa e ainda ser boa esposa, linda e de unhas feitas...
Affff, já tô cansada só de falar...

Débora Beyer disse...

Oiiiiii!

Obrigada por participar da blogagem!

Menina, se você consegue se manter na academia, continue mesmo!
Faz muuito bem não só pro corpo, quanto pra saúde!

Parabéns pela força! ehhehehe

Beijo!