terça-feira, 30 de agosto de 2011

Febre Emocional?

Oi gente.
Estou intrigada sabe.
Estou achando que a Cecília está com febre emocional, veja comigo:
Toda semana ela apresenta sintomas variados: febre, falta de apetite, vômito, dores na barriga.
E eu corro pra emergência. no máximo um resfriado. A dor na barriga é sempre nada. Faz exame daqui, colhe sangue acolá e nada.
Aí ela viajou e passou 15 dias no meio de muita gente. 
Comeu super bem, parecia que não tinha comida em casa. 
Tomava até 4 mamadeiras por dia além de todas as refeições. 
Aí ela voltou pra casa e três dias depois do retorno tudo começou de novo.
Febre
vomito, inclusive de madrugada.
Dor na barriga.
E ela sempre reclamando: vai tabaiá não mamãe, fica aqui comigo Olha que fico hein...
estou certa gente? Pode ser não pode??

7 comentários:

Sheila disse...

QUE LEGAL, vc voltou mesmo trabalhar...fico feliz....é amiga passei por isso....e era emocional mesmo no caso do Miguel.....rs....coisas dos pequenos....beijos e parabéns

Juni Biscuit disse...

Oi querida, olha isso é uma coisa bastante polêmica. Existem médicos que dizem que febre emocional não existe, já outros dizem que é sim possível haver esse tipo de sintoma quando a criança sente vontades de alguma coisa ou se estiver passando por um período de adaptações.
Eu, falando de mim e dos meus filhos, acho que existe sim! Meu filho mais novo passou por um período de adaptação na escola esse ano, ele nunca havia ido à escola e nem ficado longe de mim, tinha febre e dores na barriga, só não vomitava. Tive de ter sangue frio depois de levá-lo ao pediatra e constatar que não havia nada de errado em seus exames, pois eu não podia tirá-lo da escola, tive que esperar a sua adaptação com muita paciência e amor...E passou!!!
Então amiga, só nós, mamães, para sabermos o que realmente se passa com nossos filhos, se é ou não febre emocional!
Espero que você descubra em breve...Beijos.

Juni Biscuit disse...

Oi Márcia,

Não, eu não disse em "erro" do médico, eles sabem o que fazem...é que muitas vezes os nossos pequeninos estão com febre, dores de barriga etc e tal e os exames não dizem nada, não dá nada nos exames, exame de sangue normal, de fezes e urina sem alterações, garganta e ouvidos bons, daí só a gente, nós, as mães, para sabermos o que está passando dentro da nossa casa, com os nossos filhotes, né?!
Então flor, fica sossegada, se o diagnóstico médico disser que está acontecendo algo com sua filhotinha, seja um resfriadinho ou uma virose, creia que é isso, mas se o médico diz que está tudo normal, não tem nada alterado, daí vc poderá concluir que sejam mesmo sintomas por motivos emocionais.
Beijos amiga!

Ateliê Ana Bananna disse...

Aí flor...

Não sei te dizer, vira e mexe o Rafa também me dá um susto, acho melhor procurar um especialista tipo endocrino infantil e eliminar todas as suspeitas.

Beijos.

Paula Li disse...

Oi Márcia, sempre é bom investigar todas as possibilidades a fundo, acredito que questões emocionais podem interferir no organismo e este é um dos desafios da mulher moderna: trabalhar fora e ter família.
Ganha-se de um lado e perde-se de outro, não tem jeito rsrs.
Espero que tudo fique bem logo,
bjs

Anônimo disse...

EU TIVE ISSO QUANDO TINHA 2 ANOS, FOI PRECISO MINHA MAE SE MUDAR PRA FORTALEZA, QUE EU TINHA PASSADO UMAS FERIAS LÁ COM A FAMILIA, QUANDO VOLTEI FIQUEI COM FEBRE EMOCIONAL ELA VENDEU TUDO E SAIU DE MANAUS PRA FORTALEZA. E ACHO Q DEPOIS DE 14 ANOS ESTOU COM FEBRE EMOCIONAL DE NOVO, MAS AGORA COM SAUDADES DA MINHA MAE Q TA EM MANAUS E EU EM FORTALEZA

Anônimo disse...

A minha filha tem 2 anos e 3 meses. Já vai para escola sozinha e gosta muito dos coleguinhas, mas quando converso com ela que papai e mamãe precisam viajar e ela não pode ir junto, ficará com a vovó, ela faz de conta que não ouve, muda de assunto rapido e quando a deixo, ela aparentemente não hesita,mas basta eu chegar no destino que ja fico sabendo das febres que nao passa!!!!

Deborah Santana